Notícias

Técnico Lisca prepara estreia de garoto de 17 anos que 'pulou' para o profissional do América

Por Redação , 16/02/2020 às 13:38
atualizado em: 16/02/2020 às 15:17

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00

O técnico Lisca deixou a torcida americana curiosa durante a semana ao citar o nome de um garoto da base do coelho. Esse atleta é o jovem Carlos Alberto, de apenas 17 anos. Na ocasião, Lisca disse que ia colocá-lo para jogar, mas que devido às circunstâncias do último jogo não deu.

Ouça a entrevista completa com Emerson Romano

Carlinhos é um menino que tem queimado etapas no Coelho. Isso porque ele ficou pouco tempo no sub-20 e ‘pulou’ para o profissional, com ajuda do ex-treinador do América Felipe Conceição.

Mas quem é o Carlos Alberto? Ele mesmo responde, em uma exclusiva ao repórter da Itatiaia Emerson Romano. 

Quem é Carlos Alberto?

Carlos Alberto é um menino de apenas 17 anos de João Pessoa, na Paraíba. E veio para Minas Gerais em busca de um sonho. É um atacante que busca dar o melhor para a nação americana e toda sua família. 

Como você começou?

Eu joguei em João Pessoa até os meus 14 anos e daí eu saí para a base do Flamengo onde eu fiquei até os meus 16 e logo após eu vim para cá, desde 2018. Eu jogava na escolinha em Mari onde um rapaz do Flamengo foi lá ver uma peneira e me destaquei.

E a ascensão rápida? 

É uma sensação que às vezes eu paro e fico pensando, nem eu sei. Foi muito rápido, realizando o sonho da minha mãe e graças a Deus eu sempre fui um menino muito focado. Nunca deixei nada me abalar.

Qual a característica do Carlos Alberto jogador? 

É um menino que gosta muito da velocidade, é forte e finaliza bem. E gosta também de um para um. Sempre estar ali na frente do gol e ser mais decisivo possível para matar a jogada.

Com qual jogador você vê o seu futebol parecido ou você se espelha?

Atualmente, quem eu venho me vendo é o Bruno Henrique, por ter a passada longa, finalizar bem e gostar da velocidade.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    "A família me procurou no início do mês, estava preocupada por ele estar sem advogado", explicou o advogado #itatiaia

    Acessar Link