Notícias

Vice-prefeito explica possível processo contra Copasa por poluição na Lagoa da Pampulha

Por Redação , 11/10/2019 às 07:23
atualizado em: 11/10/2019 às 10:19

Texto:

Foto: Divulgação Flickr Prefeitura de BH
Divulgação Flickr Prefeitura de BH
00:00 00:00

O antigo problema de poluição da Lagoa da Pampulha pode parar na Justiça. Um procedimento interno da Prefeitura de Belo Horizonte tem levantado dados para questionar a Copasa sobre o esgoto que cai na lagoa. Dependendo do resultado, o município pode até processar o órgão. 

Em entrevista à Rádio Itatiaia, o vice-prefeito de Belo Horizonte, Paulo Lamac, disse que o processo administrativo foi iniciado pelo procurador-geral do município, Castelar Guimarães Filho e tem como objetivo “colher dados para subsidiar uma eventual ação na Justiça”. 

“Sabemos que a responsabilidade é da Copasa. Sabemos que a canalização, o tratamento do esgoto que ainda hoje cai na lagoa, boa parte vem de outros municípios, mas é a responsabilidade é da Copasa”. 

Conforme Lamac, a medida faz parte do esforço do município em cumprir as metas estabelecidas junto à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). 

Em nota, a Copasa informa que, atualmente, o percentual de remoção de esgoto da Lagoa da Pampulha é de 95%. Para atingir os 100%, a empresa desenvolve em conjunto com Belo Horizonte e Contagem um trabalho de identificação e correção de lançamentos indevidos de esgoto em galerias pluviais e sarjetas de vilas, aglomerados e em fundo de vales que, para serem corrigidos, exigem melhorias na urbanização.

A nota diz que a Copasa faz obras de desassoreamento da margem direita da lagoa, localizado entre a Toca da Raposa e a avenida Antônio Carlos, para evitar o extravasamento de esgoto na lagoa no período das chuvas. A previsão é que as obras sejam concluídas em dezembro de 2019.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Coletivo apura informações duvidosas relacionadas a membros do governo e parlamentares das bancadas cristã no Senado e na Câmara dos Deputados.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    👥 FLEXIBILIZOU! E agora, quem sou eu? O músico Juliano Alvarenga contou pra gente, em um papo com a repórter Camila Campos. Confira!

    Acessar Link