Wellington Campos

Coluna do Wellington Campos

Veja todas as colunas

Homofobia no futebol

E o futebol? Vai conseguir calar a voz dos cânticos e gritos homofóbicos?

27/08/2019 às 12:06


Causou muita repercussão nas redes sociais e no noticiário esportivo o cântico homofóbico da torcida do Vasco da Gama na partida do último domingo em São Januário diante do São Paulo.

Conforme determina as portarias da FIFA e decisões do STF - Supremo Tribunal Federal -  a Procuradoria do STJD orientou os árbitros a paralisar os jogos quando dos cânticos e gritos de tal natureza. Após, relatar na súmula. As federações, os clubes e as torcidas foram avisadas que as punições passam por multas e até a perda de pontos.

A ideia é banir tais comportamentos do futebol. Aliás, no Brasil, as campanhas educativas sempre saem da maior paixão do pais. Seja cantando o hino nacional, uso de bebidas alcoólicas e agora a homofobia.

A CBF foi várias vezes multadas nas Olimpíadas Rio 2016 e nas eliminatórias Rússia 2018 devido ao mal comportamento das torcidas em diversas cidades brasileiras diante dos adversários. Sempre que o goleiro rival cobrava um tiro de meta ecoava os gritos de “bicha”.

Para muitos, apenas uma brincadeira. Entretanto, as entidades COI e FIFA penalizaram os cofres da CBF com pesadas multas.

Agora, é ficar atento e se reeducar nas arquibancadas. 

Me lembro no colégio, lá em Formiga/MG, quando alguém falava um palavrão na sala de aula a professora gritava que ali não era campo de futebol.

Como disse o técnico Cuca do São Paulo, campeão de Libertadores pelo Atlético, muita gente não acreditava que a lei que proibia fumar dentro dos bares, restaurantes e aviões ia emplacar. E emplacou.

E o futebol? Vai conseguir calar a voz dos cânticos e gritos homofóbicos?

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    A previsão é de que os primeiros voos experimentais sejam realizados em outubro em Campinas, SP. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽️O Atlético Goianiense, por sua vez, se deparou com quatro testes positivos entre seus atletas.

    Acessar Link