Ursula Nogueira

Coluna da Ursula Nogueira

Veja todas as colunas

Futebol é o de menos...

O mundo ainda tem jeito. Depende de cada um de nós.

24/09/2019 às 07:13

Silvia e o filho Nikollas, com o repórter da Itatiaia Leonardo Baran

Enquanto do lado de cá falamos de salários atrasados, times sem desempenho em campo, má disciplina extracampo, classificação ruim para os times que sempre estiveram lutando pelo G4, crise em diretorias... o mundo da bola nos traz um alento. E nada melhor que fazer um texto com as coisas boas do futebol que, infelizmente, no momento, são raras. 

Não há como não chorar rios com a imagem e discurso de Silvia Grecco, mãe do palmeirense Nickollas, que levou o prêmio Fifa Fan Award, oferecido aos fãs e torcedores do futebol, na cerimônia do Fifa The Best, na última segunda-feira, em Milão, na Itália.

Silvia emocionou muita gente durona e ainda fez menção ao também concorrente ao prêmio, Justo Sánchez, uruguaio fã do Cerro, que passou a ir aos jogos do rival Rampla Juniors em homenagem ao filho falecido. 

“Eu gostaria de compartilhar este prêmio com o senhor Justo Sánchez, que também tem uma linda história de amor com o filho dele. Nikollas, aqui na frente estão muitas pessoas, muitos jogadores, muitos ídolos, estamos aqui representando nosso time, Palmeiras, e todos os torcedores do Brasil e do mundo, todos aqueles que torcem pela pessoa com deficiência. O futebol pode transformar a vida dessas pessoas, e o simples gesto de narrar os jogos para o meu filho”, palavras não ensaiadas da Sílvia Grecco ao receber o cobiçado troféu. 

A torcida da Holanda também concorreu ao troféu pelas manifestações e apoio na última Copa do Mundo Feminina.

Ao repórter da TV Globo, Marco Aurélio, parabéns pelo olhar diferenciado que todo profissional precisa ter, mas poucos têm. Que você encontre tantas outras histórias no mundo do futebol e comova as pessoas a pensar que o mundo ainda vale a pena. Que as pessoas boas são maior parte e por isso a gente luta todos os dias por uma sociedade melhor. 

Silvia narra os jogos do Palmeiras para Nickollas, que é deficiente visual e tem um grau de autismo. Ele não se acostumou – infelizmente - com o som do rádio que incomodava a audição. E a mãe adotiva, que ficou na fila com mais de 10 pessoas, foi buscando alternativas para o filho se adaptar. E foi no campo que ele conseguiu, por meio da narração e esforço da mãe, conhecer o mundo apaixonante do futebol. 

Viver é arte. Viver com esta entrega é muito maior e melhor do que imaginamos. Não há preço no amor, não há valor quando nos entregamos a fazer o bem. O ato de adoção já é de uma enormidade sem fim e ainda mais um filho com determinadas deficiências. Parece ser um amor dobrado, um amor incondicional... Deus escolhe pessoas para este ato e não conseguimos mensurar a gratidão e preciosidade de tudo isso diante do mundo. O mundo ainda tem jeito. Depende de cada um de nós.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    A previsão é de que os primeiros voos experimentais sejam realizados em outubro em Campinas, SP. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽️O Atlético Goianiense, por sua vez, se deparou com quatro testes positivos entre seus atletas.

    Acessar Link